Resenha Gamer – BroForce

Olá, Jovens Padawans!

Fazendo jus a este nosso universo cada vez mais dominado por Geeks, outrora tratados como Nerds e sabendo que a cultura gamer é atemporal, não poderia deixar de trazer um jogo que traz aquele velho espírito Old Gamer ou Old School, a escolha pode ficar a seu critério… rsrsrsrsrsrsrs

Old gamers como eu, iniciaram suas vidas em jogos em preto e branco, com plataformas simples, mas, que nos faziam sonhar em larga escala, nós simplesmente enxergávamos um cenário por trás daqueles conjuntos de quadrados.

Logo depois os jogos se mantiveram quadradões, mas, coloridos, até que chegamos ao universo pixelado mas, com bem mais detalhes em 8 e posteriormente em 16 bits.

Quem viveu essa época, viveu também uma explosão de filmes de ação que eram moldados sobre vinganças, resgates heroicos, muito sangue, violência e ídolos que cativamos até hoje, como Stallone, Chuck Norris, Schwarzenegger, Bruce Willys e por aí vai…

Imagine juntar todos os melhores personagens de ação de nossa nostálgica época de ouro de 1980 e 1990, em um jogo indie altamente pixelado na melhor definição old gamer de 16 bits!!!

Esse é o Broforce!

Jogo que conheci recentemente no PS4, muito embora já tenha em torno de 2 anos!

Broforce é um jogo rico em tiros explosões, sangue e missões simples, porém que precisem de certa dose de estratégia em alguns momentos.

Seus personagens são inspirados nos grandes personagens ícones de ação dos anos 90, entre eles, McGuiver, BA, Rambo, Exterminador, Dredd, Blade, Robocop, entre outros… Cada um deles tem uma arma/poder específico e os comandos são simples, usa apenas o direcional, um botão de tiro, um de pulo, um pra golpear com faca e um especial.

A tônica como em uma grande irmandade é ir resgatando/libertando os personagens enquanto você anda pelo cenário. O seu personagem muda a cada vez que você resgata algum e isso faz com que você ganhe vidas. A cada vez que você morre, nunca volta com o mesmo personagem.

As missões são simples, desbloqueadas pouco à pouco. Os chefes de subfases são simples também e são sempre ele, o Capitoro, isso mesmo, a cada final de fase você mata o Diabo. Os chefes de fase são um pouco mais complicados, mas, nada que seja impossível de passar. Digo que o jogo é simples, mas, não se engane, ele guarda certo grau de dificuldade. Mas, é estar atento e montar a estratégia para ir passando.

Enfim, é um jogo que traz boas horas de diversão e muito saudosismo pra galera da faixa dos 30 e poucos anos, como eu!

Eu adquiri por módicos R$ 18,00 na PSN, sem arrependimento nenhum.

Vá lá, pegue seu controle… A diversão é garantida!!!

Um grande abraço e que a força esteja com vocês!

Serviço:
Game: Broforce
Plataforma: PSN (PS4) / Steam
Estilo: Indie / Ação / Aventura / Estratégia

Paulo Souza

Pai, Marido e Nerd full time. Nerdice raiz é a minha essência.